Perigo no ar: Possível queda de avião

Estou bastante angustiada pelo que Deus me revelou hoje, 25 de maio de 2018. Esta é a segunda revelação que tive de queda de avião só nesta semana.   Eu estava em oração e tinha acabado de rezar um Pai Nosso e uma Ave Maria, quando algo me chamou a atenção.

Visualizei um avião prestes a cair. Foi tudo muito rápido, quando vi, o avião já estava sobrevoando muito baixo, a impressão que tive no momento é que o avião poderia atingir um prédio. Fiquei desesperada, gritei: “O avião vai cair!” Vi algumas pessoas no local, percebi o perigo e senti muito medo de uma explosão.

Tenho poucos detalhes, pois a última imagem que guardei foi quando o avião ainda estava no ar, eu só queria que todos sobrevivessem. Diante disso, posso afirmar que um avião comercial poderá cair a qualquer momento, ou nos próximos dias e tudo indica que desta vez, pode ser no Brasil, isso pelo fato de estar muito próximo de mim no momento em que visualizei a possível queda.

Mas a misericórdia de Deus é grande!  Estou intercedendo a Ele, seja no Brasil ou no exterior que a misericórdia Divina se estenda sobre o comandante para que em caso de uma emergência ele consiga fazer o pouso em segurança e que não passe de um grande susto!

Paz e Luz!

Joaquina Donato

Maria Mãe de Jesus: Sempre atenta ao nosso clamor

 

No dia 24 de abril de 2018, eu tive uma nova experiência através de imagens visualizadas no céu. Desta vez, em uma visão alguém me pede para olhar para o céu e tentar visualizar o que nem todos conseguem ver. Então, eu coberta por um manto branco, primeiramente tive que me curvar sobre a terra e a seguir elevar o olhar para o céu, assim fui orientada.

Naquele instante, o céu se abriu e eu pude ver um grupo de mulheres reunidas, estavam em pé e todas de vestidos longos, eram de vários tons de rosa, mas no centro havia uma mulher, era a única que estava de vestido branco. Eu sem fazer uso do intelecto, gritei a palavra: “Mãe!”. Imediatamente, a mulher que estava de branco, ao ouvir meu grito, virou-se para mim e respondeu, mas não compreendi o que ela disse e somente a reconheci como Maria, a Mãe de Jesus.

Não compreendi o porquê do meu grito, embora eu tenha ficado surpresa, o meu espírito reconheceu a Mãe entre as mulheres. Mas ao mesmo tempo, penso que o meu grito não deixa de ser um pedido de socorro à nossa Mãe Maria Santíssima. Bem, esse foi mais um encontro espiritual que tive com a Mãe de Jesus, dessa vez não foi preciso Ela vir até mim para passar uma mensagem, como das outras vezes. Mas, como podemos observar nessa visão, Maria estava ocupada, certamente conversava com aquelas mulheres, mas mesmo assim ouviu meu grito e talvez tenha dito: “Estou aqui minha filha, calma vai dar tudo certo”.

O que mais me chamou a atenção nessa revelação foi no primeiro momento quando alguém me diz: “Olhe para o céu e tente visualizar o que nem todos conseguem ver”. Podemos notar que existe um mistério no que se refere à Maria e é possível inferir acerca dessa mensagem que devemos buscar mais a Deus, clamar pela misericórdia divina ao elevarmos nosso olhar ao céu sem esquecer a importância da Mãe de Jesus, que por muitas vezes é deixada de lado por muitos de nossos irmãos.

Salientamos aqui a passagem bíblica: “Vendo assim a sua mãe, e perto dela o discípulo que ele amava, Jesus disse à sua mãe: “Mulher, eis aí o teu filho”. A seguir, disse ao discípulo: “Eis a tua mãe”. E desde aquela hora o discípulo a recebeu em sua casa”. (João 19, 26-27). Portanto, Maria, a Mãe de Jesus é a nossa Mãe que se mantém em pé, como esteve aos pés da cruz de Jesus e pelo seu imenso amor de mãe, permanece atenta ao nosso grito. Que também possamos recebê-la em nossa casa assim como fez o discípulo João.

Sabemos que muitas vezes precisamos passar por momentos difíceis para olhar para o céu, quem sabe, soltar a nossa voz, ou se não tivermos mais forças para gritar “Mãe!”, basta um olhar. Como eu sempre digo, ninguém fica sem resposta, Maria está presente, ela é um exemplo de mãe.

Infelizmente esse ensinamento nos deixa claro o que acontece em nossos dias: “Nem todos conseguem ver e perceber a importância de Maria”. Porém, a mensagem que nos é revelada é que: Mãe cuida! Basta um olhar para despertar a atenção de Nossa Mãe no reino celeste. Acredito que meu grito é para mostrar ao mundo que não estamos sós, temos uma mãe atenta ao nosso clamor, pronta para interceder por nós em momentos de angústias e aflições, portanto, gritemos confiantes de que nosso grito, com certeza chegará aos céus.

 

Paz e luz!

Joaquina Donato